Karatê Shotokan no Brasil – Sua História

História do Karatê Shotokan no Brasil – O Karatê no Brasil foi introduzido pela colônia japonesa em 1908, nas cidades de Pedro de Toledo, Biguá, Bastos, Maria e Graça, no litoral de São Paulo, devido as imigrações. A primeira academia de Karatê Shotokan no Brasil foi estabelecida oficialmente em 1956, com o Mestre Harada.

Mitsuzuke Harada nasceu em 1928, em Manchúria. Com 15 anos de idade entrou para o Shotokan Karatê Dojo, de Gichin Funakoshi. Treinou até a destruição da academia, que foi destruída com a chegada da 2ª Guerra Mundial. Mestre Harada continuou praticando com frequência o Karatê-do, tendo como instrutor Gigo Funakoshi, o 3º filho do Mestre Gichin Funakoshi.

História do Karatê

09 - KARATÊ SHOTOKAN NO BRASIL

Iniciou seus estudos de economia em 1948, na Universidade de Waseda e também investiu na sua formação no Karatê. Harada se inscreveu no Dojô Universitário, tendo como instrutor o Mestre Egami, sendo uma vez por semana a aula dirigida por Gichin Funakoshi. Egami um dos alunos do Mestre Gichin Funakoshi, observou as qualidades de Harada e o convidou a treinar com ele pessoalmente. Treinava várias vezes por semana durante algum tempo.

Harada é enviado pelo banco onde trabalhava para uma delegação no Brasil, em 1956. Daí veio o pedido de Funakoshi, a de fundar uma academia no Brasil, e assim foi feito, com o nome de  “Brasil Shotokan Karatê Dojo”. Neste ano também Mestre Harada recebeu a graduação de 5º Dan, assinada pelo próprio Mestre Gichin Funakoshi.

Gostou, Compartilhe!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *